NOTÍCIAS

Evento exclusivo para o polo de fruticultura do Vale do São Francisco reuniu especialistas nacionais em Petrolina (PE)

Fabricante de soluções de embalagens pós-colheita, Termotécnica celebra mais de uma década de parceria com produtores, distribuidores e varejistas da cadeia do agronegócio  

Produtores, distribuidores e varejistas do polo de fruticultura do Vale do São Francisco, entre Bahia e Pernambuco – terceiro maior produtor do mundo e entre os 20 maiores exportadores globais deste setor – compareceram em peso ao terceiro Workshop DaColheita, promovido pela Termotécnica, que desenvolve soluções de conservadoras pós-colheita. O evento para a cadeia do agronegócio foi realizado no dia 3 de agosto, no Hotel Nóbiles Suits Del Rio, em Petrolina (PE).

Na programação, especialistas de comércio exterior e de logística da ABRAFRUTAS – Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados –, Fermac Cargo e Air France KLM Martinair Cargo, apresentaram dados e perspectivas para ampliar ainda mais o alcance e valorização das frutas premium produzidas na região nos mercados no Brasil e no exterior. A palestrante do E-commerce Brasil, maior programa mundial de fomento ao comércio eletrônico, falou sobre as oportunidades desta forma de distribuição de produtos. E o representante da Eco Circular Projetos Regenerativos, consultoria de ESG – de boas práticas de responsabilidade ambiental, social e de governança –, abordou a importância da sustentabilidade e da reciclagem das embalagens pós-consumo. 

Frente ao cenário de crescimento do comércio exterior e do varejo digital, o EPS – mais conhecido como isopor* –  tem sido uma excelente alternativa de embalagens. Suas propriedades preservam o frescor e a qualidade dos produtos que saem das fazendas até chegar ao consumidor nos mercados mais distantes com alta proteção e isolamento térmico, além de ser um material 100% reciclável, entre outras vantagens. Maior fabricante de soluções em embalagens em EPS do país para diversos segmentos, com unidades em 5 estados, a Termotécnica comemorou os 10 anos de inauguração da fábrica de Petrolina.

Na ocasião, a companhia também homenageou e reconheceu os principais clientes e parceiros do Vale do São Francisco, que contribuíram para o desenvolvimento das soluções destas embalagens atendendo as necessidades das diferentes culturas. “Foi um grande encontro onde celebramos 10 anos de inauguração da fábrica de Petrolina e reafirmamos nossa presença na região de forma colaborativa, trazendo informações e perspectivas para construirmos juntos planos e estratégias de desenvolvimento para um setor que só cresce a cada ano”, comemora o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt.

Com a expertise adquirida na parceria com os fruticultores, fornecendo conservadoras em EPS de forma contínua e exponencial desde 2010, a Termotécnica amplia a cada ano a linha DaColheita para atender outras regiões e culturas de FFLVs (Flores, Frutas, Legumes e Verduras). No Vale do São Francisco a Termotécnica atende 2/3 dos produtores de uva. E em todo o Brasil, as conservadoras DaColheita já são utilizadas para acondicionar e transportar 40 tipos diferentes de frutas. “Temos feito um trabalho de desenvolvimento de soluções para atender a cadeia do agronegócio, tanto para o mercado interno quanto para exportação, agregando valor com nossas conservadoras pós-colheita para frutas, legumes e verduras, aumentando significativamente o shelf-life destes produtos com resultados comprovados por laboratórios internacionais e contribuindo para a redução de desperdícios em toda a cadeia de distribuição”, afirma Albano Schmidt. 

No evento de Petrolina, a Termotécnica apresentou novidades da linha de conservadoras DaColheita e de embalagens para vinhos. As conservadoras para cumbucas kids e bandejas com cargas mistas são modulares e multiuso, permitindo variações de produtos embalados e proporcionando melhor aproveitamento logístico. Clientes que estão demandando esta nova solução DaColheita e participaram do seu desenvolvimento conjunto com a Termotécnica foram a CAJ (Cooperativa Agrícola Juazeiro), a Cappellaro Fruits e a Fort Fruit, todas do Vale do São Francisco. Elas produzem e comercializam uvas e para o público infantil detêm as marcas Açukinha Kids (Fort Fruit), Cappellaro Kids e CAJ Kids.

Acompanhando o crescimento do mercado de vinhos finos no Brasil e a sua comercialização por comércio eletrônico, a Termotécnica está lançando uma linha de embalagens desenvolvidas especialmente para atender as vinícolas, distribuidores e varejistas. Trata-se de uma embalagem universal, que acomoda vinhos e espumantes em garrafas de diversos tamanhos e formatos. E também é modular, podendo ser destacada e, dessa forma, transportar de 1 até 6 garrafas. A solução é muito aderente à comercialização de vinhos por e-commerce conferindo alta proteção no acondicionamento, movimentação e transporte.

 

Marca DaColheita ganha canal exclusivo no Instagram


Outra novidade lançada em primeira mão no Workshop DaColheita em Petrolina foi o lançamento do canal exclusivo para a marca no Instagram. “Entendemos que a marca DaColheita, direcionada ao agronegócio, vem ganhando força no mercado e já tem potencial para conquistar vida própria nas redes sociais”, afirma o diretor superintendente da Termotécnica, Nivaldo Fernandes de Oliveira. Por isso, a companhia lançou um novo canal de comunicação específico para o agro no Instagram (@DaColheitaBR). A comunicação é direcionada a produtores, exportadores, distribuidores, varejistas e consumidores finais do segmento de FFLVs (flores, frutas, legumes e verduras).

Serão desenvolvidos e publicados conteúdos semanais na página da companhia e compartilhados na nova rede social da marca DaColheita, entre eles testes comparativos, estudos de caso e inovações em embalagens para atender os desafios logísticos da cadeia fria de alimentos. Serão compartilhados também cases de produtores de frutas que utilizam as soluções DaColheita há mais de uma década, tanto para o mercado interno como para exportação.

No segmento de frutas premium, a marca DaColheita já está bastante consolidada, mas a empresa também apresentará os novos desenvolvimentos para flores, legumes e verduras e também para atender vinícolas, com as caixas para vinhos. Ainda farão parte do conteúdo do canal DaColheita no Instagram temas relacionados a sustentabilidade, de reciclagem, logística reversa e economia circular das embalagens pós-consumo, iniciativas pelas quais a Termotécnica é reconhecida nacional e mundialmente.

 

Reciclagem e redução da pegada ambiental no transporte de frutas


Um aspecto importante para atender este mercado é a preocupação com a sustentabilidade. Questões como logística reversa das embalagens e diminuição do desperdício em toda a cadeia são cada vez mais importantes. “No Brasil e no mundo os consumidores estão cada vez mais exigentes quanto à pegada ambiental das empresas e estamos comprometidos com esta agenda apresentando soluções que estão em linha com essas demandas”, afirma o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt.

Em termos de sustentabilidade, as caixas conservadoras em EPS DaColheita contribuem em três frentes:

1) Na reciclagem pós-consumo, pois o EPS é um material que pode ser 100% reciclado e se transformar em matéria-prima para outras aplicações, como rodapés e molduras. A Termotécnica faz parte da Global Packaging Alliance, uma parceria global para a reciclagem de embalagens.

2) Aumento do shelf-life dos produtos frescos em até 30%, o que contribui para a redução do desperdício na cadeia de distribuição e consumo.

3) Contribuição para a redução da pegada de carbono, com a diminuição da emissão de CO2 equivalente no transporte devido ao peso mais leve das soluções, o que reduz o consumo de combustível.

“Nossa abordagem ambiental traz a economia circular na prática. Inclui uma visão integrada desde a concepção de produtos, eficiência operacional, passando por logística reversa, reciclagem e indo até novas cadeias produtivas, fechando o ciclo da economia circular. Pensando na cadeia logística como um todo é uma solução diferenciada e inovadora para este mercado e que atende às exigências por uma atuação responsável das empresas em termos de sustentabilidade”, conclui Albano Schmidt.

Para saber mais sobre a estratégia sustentável da Termotécnica acesse a íntegra do Relatório de Sustentabilidade da companhia, clicando aqui

 

*isopor é uma marca registrada de empresa terceira

Ver todas