Abiquim 50 anos

Notícias

Campanha "Se Liga", em Caxias, vem para reforçar conscientização sobre descarte correto do lixo

29/03/2016

É graças à separação do lixo que embalagens e sacolinhas plásticas deixam de ser jogadas nos rios ou de causar o entupimento de bueiros nas cidades. E que pilhas e lâmpadas fluorescentes param de espalhar seu conteúdo tóxico no solo. Para uma cidade do tamanho de Caxias do Sul, com mais de 470 mil habitantes e produção diária de 450 toneladas de resíduos, é essencial que essa atitude seja praticada por todos.

E é para reforçar essa cultura que a prefeitura lança nesta quinta a campanha Se Liga, com o objetivo de conscientizar a população da importância de cada um fazer a sua parte. A ideia não é aumentar a quantidade de lixo seletivo a ser recolhido, mas, sim, evitar a mistura e o descarte dos resíduos devido à contaminação. Reportagem publicada pelo Pioneiro em julho de 2013 já mostrou que a mistura dos resíduos orgânicos e seletivos obriga a Codeca a levar para o aterro sanitário material que poderia ser encaminhado às associações de recicladores.  Na época, calculava-se que quase 20% do material seletivo dos contêineres ia para o depósito no Rincão das Flores.

— Hoje a separação de lixo não é um problema, mas é preciso ficar batendo nessa tecla sempre. Queremos que adultos e crianças tenham a consciência de que é preciso separar bem os resíduos sólidos em orgânico e reciclável. Não temos como fiscalizar se isso é feito de forma correta nas casas, nos locais de trabalho. Dependemos da educação de cada um e é nisso que queremos investir — explica o coordenador da campanha, o secretário municipal do meio ambiente, Adivandro Rech.

A Se Liga terá ações permanentes e foi desenvolvida, de acordo com Rech, com a ideia de que a população receba e multiplique as informações sobre a importância de cuidar do meio ambiente:

— Pensamos nos 5Rs: repensar, recusar, reduzir, reaproveitar e reciclar. As pessoas sabem o que fazer, elas só precisam ser lembradas. A coleta seletiva existe há 25 anos em Caxias e a maioria da população tem a cultura da separação. Mas muita gente veio de fora e ainda não entrou no ritmo. Hoje, o problema não é grave, mas se não cuidarmos agora, poderá ficar.

Recicle corretamente

PLÁSTICO
Reciclável

Embalagens PET (refrigerante, suco, óleo, vinagre, etc..)
Copinhos de café e água
Isopor, potes, tampas
Embalagens de materiais de Limpeza
Canos e tubos de PVC
Sacos plásticos em geral
Embalagens metalizadas (de biscoito, salgadinhos, sachês)

Não Reciclável
Tomadas e acrílicos
Cabos de panela, adesivos, espumas

VIDRO
Reciclável

Recipientes em geral (postas de conserva, frascos de remédio)
Garrafas e copos
Cacos de vidro (bem acondicionados em caixas e identificados)

Não Reciclável
Tubos de TV
Espelhos, portas de vidro, boxes temperados, louças, cerâmicas, óculos, tampa de forno e de micro-ondas

PAPEL
Reciclável (é importante que estejam limpos, sem nenhum resíduo de alimento ou gordura)

Jornais e revistas
Envelopes, folha de fax e folhas de caderno
Provas e rascunhos
Caixas de leite longa vida
Cartazes velhos
Caixas em geral

Não Reciclável
Qualquer tipo de papel que estiver sujo
Papéis carbono, celofane, metalizado, parafinado e plastificado
Tocos de cigarro
Etiqueta adesiva, fotografias
Papel higiênico e guardanapos usados

METAL
Reciclável
Latas de aço e alumínio
Latas de refrigerantes e cerveja
Sucatas em geral (panelas sem cabo, arames, chapas, cobre, pregos)
Embalagem de vianda (recomenda-se sempre lavar antes de colocar no seletivo)
Tampinhas de garrafa
Tubos de Aerossois e inseticidas

Não Reciclável
Clipes, grampos e esponja de aço
Latas de tinta, verniz e solvente químico

OUTROS
Óleo de cozinha

Deve ser armazenado em um recipiente bem fechado e deixado no conteiner de lixo seletivo, para coleta

Fluorescentes
A Codeca também recebe lâmpadas fluorescentes para reciclagem, ao custo de R$ 1,10 por lâmpada. Há pontos de recolhimento também em supermercados

Pneus
Podem ser entregues em borracharias ou na Codeca, que cobra R$ 2,05 para encaminhar à reciclagem pneus de automóveis.

Remédios vencidos
Farmácias geralmente contam com pontos de recebimento

Aparelhos eletrônicos
A Codeca recebe computadores, teclados, impressoras e demais equipamentos eletrônicos sem serventia. Não há custo.

Pilhas e baterias
Devem ser devolvidos nos locais de compra

Restos de podas de árvores
Se for pouco material, deve ser embalado e colocado no lixo orgânico. Se for um volume grande, é possível contatar o departamento comercial da Codeca (3224.9300), que ira recolher o produto. O serviço, nesse caso, é cobrado.

DÚVIDAS?
Pelo telefone (54) 3224.8000, a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Codeca também tira dúvidas sobre o que é reciclável ou não.

Notícia na íntegra: http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2016/03/campanha-se-liga-em-caxias-vem-para-reforcar-conscientizacao-sobre-descarte-correto-do-lixo-5233624.html

Fonte: Codeca
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Ver todas