Abiquim 50 anos

Notícias

Larvas podem reciclar plástico e salvar o mundo

13/10/2015

Estas porções de minhocas podem parecer extremamente nojentas. Mas e se elas sozinhas conseguissem resolver um grande problema criado por nós humanos? A enorme quantidade de plástico jogada fora diariamente.

Dessa forma a resposta parece óbvia não é mesmo?

Somente nos Estados Unidos, são jogadas cerca de 33 milhões de toneladas de resíduos de plástico anualmente, sendo que menos de 10% são devidamente reciclados.

Cientistas têm percorrido um longo caminho em busca de técnicas de reciclagem moderna, mas não são perfeitas. De acordo com a ‘Popular Mechanics’, materiais como os usados para fazer garrafas de refrigerante só podem ser reciclados um número determinado de vezes.

Isso significa que, de uma forma ou de outra, a maior parte dele acaba em um aterro sanitário, eventualmente, e pode levar séculos para se decompor naturalmente.

Pesquisadores descobriram que estes animais asquerosos podem comer nada mais nada menos que isopor, transformá-lo excreto orgânico e ainda obter toda a nutrição que precisam.

Um estudo colaborativo entre a Universidade de Stanford e pesquisadores chineses descobriu que 100 dessas larvas de farinha, que são essencialmente besouros bebês, podem consumir quase 40 miligramas de isopor por dia. Isso não é muito, mas as implicações são muito, muito maiores.

Há uma abundância de insetos que comem plástico, e esta é a primeira vez que confirmaram que o que sai como ‘resultado’ desta alimentação de plástico é, de fato, totalmente natural. E ainda melhor, não prejudica os vermes em nada.

Apesar de genial, a descoberta aparentemente não é a solução completa para os problemas humanos de plástico, já que a velocidade em que elas se alimentam é bem pequena.

Seria ideal, porém, se pudéssemos imitar os mecanismos dentro dos estômagos das larvas e descobrir como elas quebram as partículas de plástico. Desta forma, este ambiente poderia ser recriado em uma escala maior e aí sim os problemas estariam completamente resolvidos.

 

Fonte: Yahoo

Ver todas