Abiquim 50 anos

Notícias

Quarentena com os filhos? Os vídeos de slime prometem novas experiências!

18/05/2020

Quarentena com os filhos? Os vídeos de slime prometem novas experiências!

Ficar em casa é a melhor escolha para nos protegermos e protegermos quem amamos contra os riscos da COVID-19. Mas para quem tem uma turminha da bagunça, esse período pode parecer desafiador e até mesmo estressante. São muitas preocupações e os pequenos nunca exigiram tanto da nossa atenção!

Por isso mesmo, é muito importante buscar alternativas capazes de gerar proximidade e experiências criativas entre pais e filhos durante a quarentena, sem comprometer 100% do tempo dos adultos nem a autonomia das crianças. Neste contexto, nós queremos compartilhar uma brincadeira que já se tornou fenômeno entre a nova geração!

Na nossa época, nós o conhecíamos por amoeba, geleca, ou meleca, mas agora ele ganhou a internet e também um novo apelido: slime! A massinha de modelar voltou a se popularizar a partir de 2016, atingindo crianças e adolescentes em um movimento que conquista cada vez mais “consistência e brilho” nas redes sociais (literalmente).

Já são milhões de vídeos de slime no Youtube, postagens no Instagram e hashtags, chamando a atenção também de pais, educadores e psicólogos.

Mas mais do que uma simples massinha de modelar, o que queremos mostrar para você neste artigo é que o slime é a oportunidade certa para transformar aprendizado em brincadeira!
 

Uma nova geração, um novo contexto


Você pode encontrar o slime pronto em qualquer loja de brinquedos, mas a moda da vez é preparar a própria massinha em casa. E quanto mais cor e textura, melhor!

Para quem acredita que assistir vídeos de slime e brincar de produzir melecas coloridas não passa de coisa de criança e não tem sentido algum, nós explicamos o fenômeno com base na ciência e na psicologia!

Por que os vídeos de slime viralizaram?

É comprovado que manipular o slime, com aquela superfície pegajosa e a textura das bolinhas de EPS Isopor®, por exemplo, pode contribuir com a redução do estresse e da ansiedade, provocando diretamente o fenômeno da ASMR (Resposta Meridional Sensorial Autônoma).

A ASMR refere-se a uma sensação agradável causada por uma experiência sensorial. Os estímulos podem estar ligados a qualquer um dos 5 sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato.

No caso dos vídeos de slime, os especialistas explicam que o estímulo visual, muitas vezes, é tão eficiente quanto o tátil, liberando hormônios que causam a sensação de felicidade e bem-estar.

Aliado a essa busca por experiências que aguçam os 5 sentidos, ainda mais presente na infância e na adolescência, nós temos alguns fatores que potencializam o fenômeno slime: Primeiro, as redes sociais, onde tudo viraliza e ganha popularidade; Segundo, o contexto das gerações Z e Alpha, que já nascem conectadas com a internet.

Com isso em mente, fica mais fácil compreendermos por que as hashtags “satisfyingslime” e #asmrslime somam mais de 3 milhões de publicações no Instagram, com novos vídeos e postagens a cada dia.

Então que tal aproveitar essa tendência para entreter as crianças e trabalhar as habilidades cognitivas ao mesmo tempo?
 

Como os vídeos de slime podem contribuir com o desenvolvimento infantil?


Incentivo às atividades manuais

Não é segredo para ninguém que as crianças de hoje passam cada vez mais tempo conectadas à internet. Vídeos, jogos e relações virtuais vêm substituindo as brincadeiras e atividades físicas, bem como a interação social.

No entanto, é indispensável promover o equilíbrio entre o tempo que crianças e adolescentes passam on-line e off-line, sendo as atividades físicas e manuais determinantes para o desenvolvimento da capacidade motora e cognitiva.

Neste processo, os vídeos de slime não só atraem a atenção de crianças e adolescentes para as telas do celular, como também para fora delas, incentivando a produção da própria receitinha, com direito a todos os tipos de ingredientes e apetrechos.
 

Troca e responsabilidade

Colocar a mão na massa também exige cuidado e atenção, demonstrando à criança a importância de acompanhar corretamente as instruções para alcançar o resultado esperado. Seguir um passo a passo possibilita que, desde cedo, se tenha uma noção de processo, organização e medida.

Além disso, os vídeos de slime vêm incentivando até mesmo um espírito empreendedor no público infanto-juvenil, aumentando as feirinhas de slime nas escolas, a troca de materiais e aprendizados, bem como o interesse pela criação de novos canais monetizados no Youtube.
 

Imaginação e Criatividade

São inúmeras receitas, cores, acessórios e texturas para estimular a imaginação, criatividade, bem como a curiosidade, autonomia e busca por novas experiências.

Assistir a vídeos de slime e colocar as receitas em prática utilizando bolinhas de EPS Isopor® e sempre experimentando novas texturas também promove a percepção do mundo exterior e dos próprios sentidos, especialmente o tato.

Não é à toa que a nova geleca é considerada um brinquedo terapêutico! A atividade exercita diretamente a concentração, calma e paciência.
 

Atenção aos riscos


A produção do slime caseiro é muito fácil, inclusive, nós fizemos um artigo com 3 receitas simples, utilizando ingredientes que, muitas vezes, você já tem em casa. Confira aqui!

São poucos materiais envolvidos, como cola, água, bicarbonato de sódio, glitter e corantes. No entanto, com o aumento do sucesso dos vídeos de slime e das experiências caseiras, os pontos de atenção também aumentam.

A mistura, apesar de simples, envolve substâncias químicas que podem causar reação alérgica e, caso ingeridas ou utilizadas em quantidades acima do recomendado, podem resultar em intoxicação, vômitos e irritações na pele ou nos olhos.

Por isso, é sempre importante que a brincadeira seja supervisionada por um adulto, seguindo as devidas proporções e recomendações da receita. Além disso, uma alternativa é a preferência por ingredientes naturais ou que não representam qualquer risco à saúde, como gelatina e amido de milho.

Nesse quesito, as bolinhas de EPS Isopor® são totalmente seguras! 98% composto de ar e apenas 2% de plástico, o EPS (poliestireno expandido) é um material higiênico, que não prolifera microrganismos e contribui com a prevenção de contaminações em inúmeros segmentos. Sem falar na sustentabilidade, sendo um produto 100% reciclável!

São essas características, aliadas à textura relaxante das bolinhas de EPS Isopor®, que tornam o material ideal para a aplicação em slimes. A moda ganhou tanta proporção que hoje a fabricação de slime já inclui inúmeras opções com EPS.

A Knauf, líder mundial no processamento de peças de EPS Isopor®, é a fornecedora oficial das bolinhas de EPS para a marca original do slime, registrada pela Nickelodeon e vendida em todas as lojas de brinquedo Brasil afora.

Agora que você já está por dentro dessa tendência e todos os benefícios que estão por trás do fenômeno dos vídeos de slime, coloque a mão na massa com seu filho ou sua filha e deixe a criatividade tomar conta!

Ah, mas sempre acompanhando de perto as atividades pois a segurança e o cuidado não são brincadeiras, combinado? Até a próxima!

Esse conteúdo foi desenvolvido pelo Blog Mundo Isopor: https://www.mundoisopor.com.br/curiosidades/quarentena-com-os-filhos-os-videos-de-slime-prometem-novas-experiencias

Ver todas